50. Miss Korea (K-drama)

Alô, galera de Cowboy! A magia está no ar…

Miss Korea foi feito aos moldes das histórias de contos de fadas. Sim, veja um plot: uma garota pobre e sonhadora que tem o seu primeiro amor – também pobre – ainda no colegial. Ela não tem estudos ou habilidade e só é muito bonita, e seu primeiro amor retorna depois de 10 anos e quer transformá-la – tal como uma fada madrinha – em Miss Korea, com a frase bajuladora de príncipe encantado “para mim você é a garota mais bonita que conheço”.

Korean-Dramas-miss-korea-korean-dramas-

Com belos traços de romantismo, a história se passa em 1997, da garota pobre que sofre com os bullings no trabalho de ascensorista de elevador e não tem perspectiva de futuro. Lee Sun Kyun nos apresentou um bom trabalho como  Hyung-Joon (eu diria que bem melhor que em Coffee Prince), sendo presidente da empresa de cosméticos Vivi. Eles estão em crise financeira, Hyung Joon contrai dívidas até com gangsters, mas fabricam um BB cream e precisam lançar no mercado para que a empresa não venha a falir.

Korean-drama-Miss-Korea-1

Então Hyung-Joon (Lee Sun-Kyun) tem a ideia, com a abertura do concurso de Miss Korea de que patrocinar uma garota que vai concorrer (se ela ganhar) significa que a empresa e seus produtos ficarão também famosos. Hyung-Joon (Lee Sun-Kyun) procuraJi-Young (Lee Yeon-Hee) para convencê-la a ir concorrer ao Miss Korea e depois ser garota propaganda da Vivi Cosméticos.

Korean-Dramas-miss-korea-

A missão não é fácil e  Hyung-Joon (Lee Sun-Kyun) de início só teve a intenção de unir o útil ao agradável. Idas e vindas acontecem e são tantos empecilhos para que Ji-Young (Lee Yeon-Hee) não participe do Miss Korea, que começamos até a pensar angustiadamente que Ji-Youngnão ganhe o Miss Korea.

Outras duas patrocionadoras/treinadoras de garotas para o Miss Korea são Ma Ae-Ri (Lee Mi-Sook) e Yang Choon-Ja (Hong Ji-Min) donas de salão de beleza e antigas vencedoras do Miss Korea. Elas sabem tudo sobre o concurso e ajudam as concorrentes com seus truques e informações. Elas são engraçadas coadjuvantes que estão sempre brigando.

Miss_KoreaMBC2013

Todas as concorrentes primeiro participam do concurso Miss Seul e depois as finalistas participam do Miss Korea. Há muitas sabotagens e planos para deixar Ji-Young (Lee Yeon-Hee) de fora da competição e para que a Vivi Cosméticos feche as portas.

A equipe do Vivi Cosméticos ajudam Ji-Young (Lee Yeon-Hee) a concorrer, mas a maior parte do tempo Ji-Young participa do concurso sem muita ajuda porque eles ficam envolvidos com “proteger a empresa” e pagar as dívidas. Eu confesso que achei chato quando Ji Young está lá aflita na final do Miss Korea e não tem ninguém para apoiá-la naquele momento, eu achei triste.

MIss Korea

Eu não poderia ficar sem citar Ko Hwa-Jung (Song Seon-Mi) e Teacher Jung (Lee Sung-Min) o “professor”, porque eles formaram um casal muito fofo e nada convencional. Ele é um antigo gangster que se aproximou ao Joong para fazer com que ele pague sua dívida e ela uma mulher inteligente que trabalha na criação dos cosméticos (usando palavras idiotas que demonstram que não entendo do assunto).

Eles acabam perdendo a posse do BB cream para uma empresa concorrente, mas no final conseguem se reerguer com uma ajudinha de Ji Young que vence o Miss Korea produzindo um gloss labial colorido para usar junto com o BB cream. Já que o BB cream deixava a pele com aspecto natural, os lábios deveriam levar um batom que não pesasse tanto a maquiagem e assim o gloss seria perfeito. Com o sucesso do lançamento do BB cream rapidamente as pessoas passaram a comprar o gloss e a empresa não faliu.

Miss Korea 1

Miss Korea nos deixou com um misto de “fábrica de sonhos” e “contos de fadas”, com o casal Hyung-Joon (Lee Sun-Kyun) e Ji-Young (Lee Yeon-Hee) que me pareceu tão bem entrosado. Mas, realmente história de amor de 10 anos atrás ZzzZzzZzz. Foi um drama que eu não queria que acabasse, apesar de ter 20 episódios.

Miss Korea 4

A história não cai o ritmo, mas tem um ritmo lento, tem grandes planos que deixam a trilha sonora tocar quase inteira (muito bonita por sinal) e focalizam no rosto do personagem por longos minutos e intercalam com flashbacks da personagem pensando. Esse foi o único ponto que me deixou um pouco irritada. Foi um pouco para aumentar a “dor e o sofrimento” mas achei meio exagerado, beirou o sensacionalismo e se cortasse um pouco disso teríamos 16 episódios mais rápidos na ação e bem mais redondos.

Miss Korea 2

Mas, foi perfeito na história e está entre os meus preferidos! A OST quase inteira do New World é linda demais!

Miss Korea

Os personagens coadjuvantes completam as cenas com grande perfeição e passamos a amar todos os personagens. A única coisa chata – e talvez o ponto fraco – é que depois que ela vence o Miss Korea ainda sim ela não tem perspectiva do que fazer no futuro. Parece que ela vai ser a “mulher do Hyung Joon” e é só isso, super frustrante, ficamos com mais peninha ainda.

Miss Korea 3

A atriz Lee Yeon-Hee que interpretou Ji Young foi ótima. Eu só a tinha visto em Ghost e a presença dela era bem apagada, mas aqui ela mostra também que tem um ótimo potencial! Adorei. Espero vê-la mais como principal em outros dramas. Com Lee Sun-Kyun acontece a mesma coisa. Bom, voltei e Super recomendo Miss Korea. <3

Deixe uma resposta